4k · Apple A10X · Apple e Mac · Apple TV · Apple TV 4K · Apple TV 5 · Conteúdo · Dolby Vision HDR · Hardware · HDR · HDR10 · iTunes · Jenova Chen · lançamento · Set-Top Box · SKY · Televisão · thatgamecompany · tvOS · upgrade

Keynote Apple — nova Apple TV finalmente recebe 4K e HDR

apple-tv-4k-002

Finalmente a Apple tomou uma atitude: a quinta geração de seu set-top box/console Apple TV enfim se tornou compatível com 4K e HDR, trazendo uma maior qualidade para consumo de conteúdo tal qual seus rivais.

A maior cartada da maçã no entanto não diz respeito ao hardware.

A nova Apple TV deixou de ser um “hobby” faz tempo. A maçã entendeu que sua caixinha de mídia, que vende a rodo não poderia ser tratada de qualquer jeito e na quarta geração tratou de dotá-la com um SO de verdade, o tvOS que é semelhante ao iOS e permite que ela rodasse apps e games nativamente, fazendo dela o último (e mais bem sucedido) microconsole do planeta, quase acidentalmente.

O que faltava? Compatibilidade com 4K. Hoje os dispositivos com telas de 2160p se tornaram mais presentes, há uma grande quantidade de conteúdo disponível e a maioria dos concorrentes migrou seus dispositivos para comportarem o padrão. A Apple TV ficou para trás de todos, mas como é da Apple que estamos falando ela não entraria no jogo sem oferecer algo inovador ou disruptivo.

apple-tv-4k-001

O hardware não é nada inovador: a nova Apple TV é compatível com 4K, HDR10 e DolbyVision como a maioria dos set-top boxes, dongles como o Chromecast e consoles de videogame como o PS4 Pro e o Xbox One S ou X o são hoje graças ao SoC Apple A10X Fusion presente em suas entranhas, o mesmo introduzido nos mais recentes aparelhos da linha iPad Pro. Seus 3 GB de RAM e 32 ou 64 GB de espaço interno também permitem a execução não só de vídeos em 4K a 60 fps, como a execução dos apps mais pesados sem dificuldade.

Há conteúdo exclusivo também: Jenova Chen, da thatgamecompany (Flow, Flower, Journey) subiu ao palco para anunciar o game exclusivo Sky, que rodará em toda a glória dos 2160p e 60 frames por segundo na Apple TV, mas também no iPhone e iPad. E só, nada de PC, PS4 ou Xbox One.

thatgamecompany — Sky Reveal Teaser

No entanto a bordoada da Apple veio no conteúdo: através de acordos (provavelmente MUITO caros) com os detentores de direitos autorais, todos os vídeos em 4K HDR na iTunes Store custarão o mesmo que suas versões em HD, com direito a upgrade gratuito para quem já possui filmes comprados. Isso sim é uma senhora novidade, ainda mais se lembrarmos que de acordo com informes recentes os estúdios e produtoras estavam dispostas e escalpelar a maçã e não queriam de jeito nenhum cobrar os mesmos valores por conteúdos em HD e 4K. Assim como Steve Jobs no passado Tim Cook deve ter utilizado todo o seu latim de modo a convencer os parceiros de que tal estratégia seria um erro, e que é muito melhor oferecer vantagens e fidelizar o cliente do que esfola-lo toda vez.

Claro que tal estratégia é essencial para promover o crescimento da Apple TV como plataforma: hoje ela é o quarto dispositivo inteligente de conteúdo nos EUA atrás do Chromecast, da família Amazon fireTV e do Roku. Oferecer upgrade aos usuários de toda a sua biblioteca de 1080p para 4K gratuitamente foi um golpe de mestre, que pode e irá se refletir em mais vendas de seu set-top box.

Agora vamos aos preços: a nova Apple TV com 32 GB de armazenamento custará US$ 179 e a versão de 64 GB, US$ 199; o modelo anterior continuará em catálogo pelos mesmos US$ 149 (apenas 32 GB). A pré-venda começa dia 15/09 e a entrega, 22/09 em países selecionados.


Leia também:

The post Keynote Apple — nova Apple TV finalmente recebe 4K e HDR appeared first on Meio Bit.

Powered by WPeMatico